Mãe celestial

Maria di Nazaré

Rainha Celeste

Olha, minha alma, meu coração cercado de espinhos que os homens ingratos em continuamente através de blasfêmias e igratitude.

Console-me!

Sua beleza é a Virgem Maria!
Nenhuma mancha mancha o seu esplendor.

Bem-aventurados vós, Maria.
Acompanha-nos na nossa jornada
para o reino dos céus.

Doce e suave

Mãe è uma palavra doce e suave, música harmoniosa do coração, o sentimento que une a essência de cada ser humano.

Ninguém é insensível ao seu doce som, porque a identifica com a palavra de amor. O seu doce nome invoca os momentos mais lindos da nossa infância, quando ela nos embalava entre os seus braços e os seus olhos, cheios de amor e afeto, nos dava momentos intensos de felicidade.

A mãe è sempre a nossa certeza: está perto de nós nos momentos felizes para dar-nos amor e nos momentos de dificuldade para dar-nos coragem. As suas carícias caem como bálsamo sobre o nosso coração para dar-nos coragem e ardor. Em nenhum momento nos traiu, nos donou a sua vida. Por isso ninguém poderá substituí-la no nosso coração.

No reino e na glória celeste temos uma mãe que não quer substituir-se à mãe terrena, mas está ansiosa por amar-nos mais que a um filho. É Maria, a mãe de Jesus que, aliada ao filho, deseja a redenção de cada ser humano. Como uma mãe terrena Ela está sempre perto de nós para ajudar-nos nas dificuldades do caminho terreno e deseja conduzir-nos ao conhecimento ardente do amor de Deus. De Maria Santissima nós podemos confiar.

Ela ofereceu o seu filho por todos nós e quem poderá donar-nos mais? Na sua donação, o seu amor competiu com o amor do filho. Nenhum ser humano poderá alcançar às suas perfeições, fruto do seu imenso amor. Amor esse que a fez ir além da sua natureza humana para depois lançár-la já enquanto estava sobre a terra, no âmbito dos Anjos.

Como todas as mães, Ela faz de tudo para poder ver os seus filhos felizes. A mãe celeste também deseja, com todo o seu amor, donar-nos o bem e espera que nós nos entreguemos a Ela com confiança. Quem se não Ela pode interceder junto ao seu filho? Esta querida mãezinha tu podes ter sempre como aliada, mãe que te consolas e te guias.

A sua voz te susurra... Sou feliz quando durante a oração tu fazes subir ao cèu o teu afeto por mim. Te imploro, abandona tudo aquilo que te une ao humano. As coisas do céu fazem felizes todas as criaturas, porque ainda esperas?

Coragem, demoles todas as barreiras no teu coração e entrega-te ao meu. Viras os teus olhos ao céu e eu te conduzirei à batalha mais linda: o caminho do amor.

Não tenhas medo de combater, as bandeiras do céu se agitam na frente dos teus passos. Procedes com ardor e coragem, na certeza de obter a ajuda necessária para vencer. Quando tu te cansas, repousas nos meus braços e sentirás o meu ardente amor.

Temas do Mosteiro