Traçado

Maria de Nazaré

De Saint-Montfort

No Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem St. Monfort expõe a sua doutrina mariana: Luigi Maria de fato promoveu o culto de Maria, na forma que chamou de "verdadeira devoção", e a prática do Rosário.

Ele foi proclamado santo pelo Papa Pio XII em 1947 e 2000, sob o pontificado do Papa João Paulo II, foi aberto um processo, ainda em curso, a anunciá-lo um doutor da Igreja.

Do Traçado da verdadeira devoção à Santa Virgem

Quinze mil demônios possediam a alma de um infeliz herege, a Carcassone onde S. Domingos predicava o Rosário, os quais foram obrigados, sentindo-se confundidos, comandados pela S. Virgem, a confessarem diversas consoladoras verdades, em relação à devoção a S. Virgem, com tanta força e franqueza, que não se pode ler este fato autentico e o panegirico que fez o diabo, contra a sua vontade, à devoção a SS.ma Virgem.

Quem encontrará Maria encontrará a vida, isto é, Jesus Cristo, que é o caminho, a verdade e a vida. Mas não se pode encontrar Maria se não a procuramos; nem se pode procurá-la se não a conhecemos: porque não se procura e nem se deseja um objeto desconhecido.

Esta bela estrela do mar, e seguindo os Seus rastros chegarão ao bom porto, apesar das tempestades.

Ma quem serão estes servos, escravos e filhos de Maria?

  • Serão fogos ardentes, ministros do Senhor que distribuirão em todos os lugares o fogo do amor Divino.

  • Serão raios agudos (Sal 127,4) na mão da potente Maria para atacar os seus inimigos.

  • Serão filhos de Levi, bem purificados do fogo das grandes tribulações e bem unidos a Deus, que levarão o ouro do amor no coração, o incenso das orações no espírito e a mina das mortificações do corpo.

  • Serão em todos os lugares o bom aroma de Jesus Cristo para os pobres e para os pequenos, enquanto será cheiro de morte para os grandes, para os ricos e para os mundanos orgulhosos.

  • Serão nuvens que no ar voarão e trovejarão ao mínimo sopro do Espírito Santo, que sem tocar nada, nem maravilhar-se de nada e nem amedrontar-se de nada, regarão com a chuva a palava de Deus e da vida eterna. Trovejarão contra o pecado, gritarão contra o mondo, atacarão o demônio e os seus seguidores e traspassará da parte a parte, pela vida o pela morte, com a espada a duplo talho da palavra de Deus, todos aqueles que serão mandados da parte do Altissimo.

Deus não pôs outro fundamento à nossa saúde e à nossa gloria senão Jesus Cristo. (1 Cor 3,11).

Maria é tão intimamente unida a ti, que seria mais fácil separar a luz do sol, o calor do fogo. Digo ainda: seria mais fácil separar os Anjos e os Santos da ti, que não a divina Maria; porque Ela ti ama ardentemente e ti glorifica muito mais que todas as outras criaturas juntas.

Os três degraus para ir a Deus:
O primeiro é Maria, o segundo é Jesus Cristo, o terceiro é Deus Pai.


Temas do Mosteiro