V Livro

No raio de Deus

O Raio de Deus

Você quer ser verdadeiramente feliz na sua vida? Você quer o bem-estar integral? Neste livro pode ser descrito como um caminho para a felicidade autêntica, tem realmente uma proposta muito séria que merece a máxima atenção para aqueles que verdadeiramente querem sua propriedade pessoal e de toda a Comunidade.

O problema básico que está sendo abordado é aquela questão candente e atemporal para o sentido da vida.

Revisão de José

Eu chamaria este novo livro como um caminho para a felicidade autêntica. A análise de situações pessoais, casos especiais, da cultura contemporânea é feito com precisão e cuidado, sem descurar nada, indo até no fundo a lógica subjacente da vida quotidiana.

As soluções propostas não inclinar-se só para discurso psicológico ou psicoterapêutico, mas eles te fazem ver como a solução o problema existencial deve ser buscada nas razões mais profundas do espírito humano feito à imagem e semelhança de Deus.

Sobre deste lado existe e profundas reflexões assim completas que valem a pena considerar este livro um verdadeiro dom para aqueles que amam de enfrentar à luz das suas próprias mentes.

Revisão de Rosa

Eu li os livros publicados pelos irmãos Guelpa, o ultimo "No raio de Deus" me deu muitas respostas e a oportunidade de colocar-me em discussão a cada argumento de que ele é tratado. Uma noite, enquanto lia, eu pensei que seria interessante, discutir os temas de que trata o livro com outras pessoas, eu estava começando a ler. Fantasia? Imaginação? Certamente ei fui condicionado pelo título.

Enquanto lia lentamente, formou-se lentamente diante dos meus olhos uma cena que me acompanhou durante toda a leitura do livro. Vi com clareza e descrença, uma clareira, um círculo de pedras, no círculo um fogo que emitia calor. Entorno o fogo pessoas jovens e velhos, homens e mulheres, concentrou-se para discutir, diz-se, fazer perguntas, muitas perguntas sem resposta. De um lado, um riacho de água limpa. Alto no céu sobre uma candida nuvem estava deitado de bruços, com o queixo apoiado sobre a palma da mão direita nosso Senhor. Olhava este grupo de seus filhos, escutava mudando frequentemente expressão, agora divertido, agora zangado, mas sempre com os olhos cheios de amor e tanta ternura. Via as expressões sobre um rosto que percebia somente minha mente e não visível aos meus olhos. De falto, não sei descrever.

A pergunta que cada um deve responder, quase obsessivamente é: " Qual é o sentido da minha vida, porque este vazio dentro de mim?" e outros deste tipo, olhando para as grandes empresas, fazendo sonhos impossíveis, imaginando projetos que nunca serão realizados. Se non proprio tutto, ma l'essenziale delle innumerevoli risposte sono nel libro. Gli argomenti che tratta sono le risposte alle nostre domande. Il cristiano dirà "costa" percorrere la strada che porta a Gesù, l'ateo potrà percorrere la strada senza accorgersi che sta seguendo Gesù per ritrovarsi poi cambiato e chissà anche convertito. La lettura del libro non fa miracoli, succede però che a volte un libro cambia totalmente la nostra mentalità. Presto ci si accorge che la vita ha senso solo se ti guardi intorno e presti attenzione alle piccole cose del quotidiano, le piccole cose donano la felicità.

Non è necessario pensare a grandi cose. Nel corso della vita ci arricchiamo, con l'esperienza che ogni giorno ci porta cose nuove, impariamo che la sofferenza ci rafforza, la gioia ci addolcisce, un libro arricchisce la nostra mente, la ciba, la rende aperta. Veniamo a conoscenza di altre verità, approfondiamo quello che sapevamo già. E tutto questo è "niente"? "Nel raggio di Dio" è un libro alla portata di tutti, è una lettura necessaria, da consigliare. Ricordo di aver letto da qualche parte: un pittore dipinge Gesù che bussa ad una porta pesante. Durante la mostra che il pittore fa, un visitatore si avvicina al pittore e gli dice che ha fatto una porta senza maniglia. Il pittore risponde, quella porta è il cuore dell'uomo si apre solo dall'interno. La lettura di questo libro non apre la porta del nostro cuore a Gesù, ma ci aiuta, ci invita a farlo. E' stato scritto a parer mio per condividere con noi lettori questa stupenda opportunità. Aprendo quella pesante porta impareremo ad amare.

È l'amore il vero senso della vita.

Temas do Mosteiro