Pai Nosso

Pai

Jesus deu-nos um MODELO para orar, que é a oração do Pai Nosso.

Oração

Pai nosso que estás no céu,

santificado seja o vosso nome;

Venha a nós o teu reino;

Seja feita,

tua vontade assim no céu, como na terra.

Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia,

e perdoa as nossas ofensas

assim como nós perdoamos aos nossos devedores,

e não nos deixeis cair em tentação,

mas livra-nos do mal.

Santificado seja o teu nome

Santificar significa reconhecer o primado de Deus em nossas vidas. Jesus, nosso Mestre, disse: "Pai, eu Manifestei o teu nome aos homens, eu não conhecia a palavra, tenho dado a conhece-la na minha vida porque sempre obedeci a sua vontade".
Aqui, como deve ser a nossa disposição interior em oração para santificar o nome do Pai.

Venha o teu reino

Na pregação de Jesus era um lembrete constante do reino de Deus: "o reino de Deus é o mesmo... o reino de Deus é como... o reino de Deus está entre vós" E ainda: "Arrependei e crede no evangelho". De suas palavras, podemos entender que o reino de Deus entre os homens é Jesus. E para alcançar este reino, é necessária a presença radiante de Jesus em nossos corações e, em seguida, seguir seus passos e moldar-nos a ele. O evangelho também deve inspirar nossas ações e nossos pensamentos, só então podemos realizar o reino de Deus e louvar Seu nome, caso contrário, não santifica o nome de Deus, mas santifica o nome.

Tudo será feito

Para santificar o nome de Deus e realizar seu reino não é apenas necessária uma condição, mas o modo de viver de acordo com a vontade de Deus, De fato, Jesus disse: "Quem quiser me seguir deve negar a si mesmo". E mais uma vez: "Eu não busco a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou".

Com estes ensinamentos sublimes entendemos que devemos tentar dominar em todos os momentos a nossa vontade a vontade de Jesus. É um ato de tomada de decisões que afirma um trabalho íntimo, que através deste sofrimento nos tornamos seres de oração, porque nós buscamos o louvor de Deus, nós nos submetemos a ele, nos entregamos a ele. Esta é a oração que o Senhor quer, não apenas em palavras, mas um ato inspirado por Jesus e seu Evangelho.

Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia

É a relação com as necessidades de nossas vidas. Jesus nos ensinou: "Não se preocupe com o que você vai comer beber, colocar em... porque vosso Pai sabe o que você precisa antes de perguntar a ele." O que quer dizer, não, reclamar por qualquer coisa que você precisa para viver neste mundo.

Pai nos ajude a confiar em ti, no dia a dia, tira-nos a tentação do amanhã, dá-nos a certeza, não a certeza concreta, que está sempre presente, dá-nos o que precisamos hoje. Sim, temos de aprender a abandonar-nos com confiança na ação de Deus, pois Ele está pronto para nos dar o necessário. É um desafio à confiança, como é o abandono, sem a presença de Deus, o homem perde toda a esperança.

Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores

Isso é uma coisa terrível. Jesus nos diz: "se perdoardes aos homens as suas ofensas, vosso Pai celeste vos perdoará a vós também." Este é o tipo de relacionamento humano para ser estabelecido, perdoar para ser perdoado.
Perdão na essência de Deus. E Deus é amor, e só o amor pode comunicar a força vital da vida, porque temos que viver constantemente.
O perdão significa que Deus lhe dá um presente, e esse dom é o sopro da vida, não só para você viver na terra, mas também na vida eterna.
Ele não responde ao mal com o mal, mas com o perdão. E perdoa o homem, e não simplesmente para dar a paz, mas para rejeitar o projeto da morte e dar-nos a vida. Perdoar é comunicar a força de Deus, que é amor. Amar seu inimigo não significa amar o homem, mas adaptar o seu comportamento em frente ao homem, como Jesus ensinou.

Não na tentação

Jesus sabe que no começo do caminho espiritual, o diabo virá para a ele e, portanto, o crente, deve construir uma estrutura capaz de resistir à tentação, e a tentação é resistida com o Espírito da Verdade, que nos dá o dom do discernimento. Portanto, não deixes cair em tentação, significa dar-nos discernimento. Ou seja, envia-nos o seu Espírito para saber distinguir o que está de acordo com a sua vontade e o que é tentado pelo diabo.

Mas livra-nos do mal

Jesus nunca teria falado do mal, o mal teria dito. Então, livra-nos "mal", dá-nos a força para afastá-lo.

Para concluir, podemos dizer que temos de fazer a vontade de Deus, devemos buscar o seu reino, devemos santificar o seu nome, devemos nos livrar do Diabo, temos de ter a certeza do seu pão de cada dia, temos de saber perdoar, pois através deste estilo de oração podemos dizer com nossa vida, como disse Jesus: Vai-te Satanás.

Esta é a verdadeira maneira de rezar, esta é a luta interior, este é o famoso segredo, a famosa sala fechada porque temos de ser apenas eu e o Pai.
Oração é simplesmente o seu estado, o seu ser pessoa orante. O homem necessita de Jesus e do seu Evangelho, porque Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, libertando todos os que estão sob o jugo de Satanás.

Temas do Mosteiro