S. Gregório de Nanzianzo

Fede

Virtude

- Caridade

Conta mais o número de fiéis ou a qualidade da fé?

Da Oração Teológica

Onde estão agora aqueles que se reprovam da pobreza e se orgulham da riqueza?

Quais que definem a igreja com base no número de pessoas, e desprezam o pequeno rebanho?

Quais que chegam a medir a divindade e a pesar na balança o povo? Quais reconhecem valor na areia e se indignam com as luzes do céu, ajuntam as pequenas pedras e desdenham as pedras preciosas? Não são, de fato, que os grãos de areia são mais numerosos que os atros e os asteróides são mais que os meteoritos, no entanto, não são também mais puros e preciosos.

Se irrita ainda? Ainda quer armar-se? Insulta ainda? A nossa fé é nova? Trate isto como apenas ameaças e eu falarei. Nós não queremos ofender, mas reprovar, não ameaçar, mas culpar, não bater, mar curar. Ainda isto te parece digno de insolência? Que orgulho! Ainda uma vez considera um escravo que é igual a você em dignidade. Se não é assim, aceita a minha liberdade de expressão. Até um irmão reprova o próprio irmão quando se trata de uma ofensa!.

(Oração 33,1)

Porque o batismo é eficaz e a ele deve juntar-se a reta confissão de fé.

Outras de todas essas coisas e principalmente, conservamo-nos o bom depósito, pelo qual vivo e pelo qual sou cidadão e que levarei comigo quando partir desta vida, com isso eu suporto todas as dores e desprezo todos os prazeres. Isso consiste na confissão de fé no Pai, Filho e Espírito Santo.

Eu te confio hoje esta confissão, com esta eu te batizarei (mergulharei) e te elevarei ao alto.Eu a recomendo como a companheira e proteção de toda a vida; é a única divindade, única potência, que unicamente se encontra nas três pessoas e reúne de maneira distinta os três seres. Apressemos a nossa salvação, vamos ao encontro do batismo; o Espírito palpita, com ele você deve tornar-se perfeito e pronto, o dono é a sua disposição.

Se, ao invés, ainda esteja incerto e não acolhe a perfeição da divindade, você se faz um próprio morto no momento da regeneração, de modo que em você não tenha nascido a graça, a esperança da graça, fazendo naufragar num tempo breve a sua salvação. De fato, qualquer uma dessas três partes que você tenha subtraído a natureza divina, estará destruído todo o complexo e, para você mesmo, a perfeição.

(Orações, 40,44)

.

Pode interessar

Sites a visitar

Oração

Nazareth

Evangelho

Novíssimos

Paixão

Virtudes teologais

Temática

Riflexões

Ensinamentos

Santos

Pode interessar