Milagres Eucarísticos

Fidelis Dei - Universo cattolico
Milagres Eucarísticos
Sites a visitar
Mosteiro invisível
Grupo de Oração e Intercessão.
Virgem Maria
Uma chamada Irresistível.
São José
A grande Patriarca.
São Bento
Contra doenças e maldições
Inferno
A terrível realidade.
Purgatório
Irmãos que estendem a mão.
Paradíso
Viver no Céu.
Amor e Paixão
A Paixão de Jesus Cristo.
Meditações
O respiro da alma.
Os Anjos
Seres que ardem de amor.
Santuário de Oropa
O coração de Maria
O Pecado
Não só transgressão.
Viagem interior
Um caminho na psiche.
Aparições marianas
Maria segue a humanidade.
Decálogo
Os dez comandamentos.
  italiano español português english   

As Ostias se transformam em carne

"Sou eu o pão vivo que desce do céu. Se um come deste pão, viverá em eterno; e o pão que eu darei é a minha carne para a vida do mundo". (João. 6,49).

A inteligencia humana tem dificuldade em acreditar que o pão e o vinho se possam transformar em verdadeira Carne e verdadeiro Sangue de Jesus, pois no ato da consagração nada de visivel aparece aos olhos humanos, enquanto a fé nos leva a crer firmemente nas palavras de Jesus.

Os milagres Eucaristicos confirmam as palavras de Jesus e, nos fatos, consolidam a fé e demonstram a presença real do Corpo e do Sangue do Senhor no pão Eucaristico.

Estes fatos extraordinarios desafia a nossa racionalidade que dificulta a aceitar o sobrenatural, mas a Deus nada é impossivel e também que "No Pão esteja toda a humanidade de Jesus".


O Milagre Eucaristico de Lanciano, 700 d.C.

A antiga Anxanum dos Frentani conserva, a mais de 12 séculos, o primeiro e o maior Milagre Eucaristico da Igreja Catolica.
Tal Prodigio aconteceu no século VIII d.C., na pequena igreja de S Legonziano, devido a uma duvida de um monge Basiliano sobre a presença real de Jesus na Eucaristia. Durante a celebração da Santa Missa, feita a dupla consagração, a ostia se transformou em Carne viva e o vinho em Sangue vivo, agrupando-se em cinco globulos irregulares e diversos por forma e tamanho.

A Ostia-Carne, como hoje se observa muito bem, tem o tamanho da ostia grande attualmente em uso na Igreja Latina, é legermente escura e fica toda rosea se observada em transparencia.

O Sangue é cor de terra com tendencia ao amarelo ocra. A Carne, desde 1713, está conservada em um artistico Ostensorio de prata, finemente esculpido, de escola napoletana. O Sangue está em uma rica e antiga ampola de cristal de Rocca.

Os Frades Menores Conventuais conservam o Milagre desde 1252, por vontade do bispo de Chieti, Landulfo, e com Bula Papal de 12.5.1252.
Precedentemente estiveram com os Monges Basiliani até o ano 1176 e os Beneditinos até o ano 1252.

Em 1258 os Franciscanos construiram o atual Santuario que, no 700, passou por uma transformação do estile romanico-gotico em barocco.

O "Milagre" foi colocado no inicio em uma Capela ao lado do altar maior, depois no ano 1636, em um altar lateral, que conserva ainda o antigo involucro em ferro batido e a epigrafe comemorativa.

Desde 1902 o "Milagre" é custodido no segundo tabernaculo do altar monumental, feito contruir pelos Lancianeses, al centro dos presbiterios.

Nas varias pesquisas eclesiasticas conduzidas desde 1574, segue em 1970-1971 e continuada em parte no ano de 1981, aquela scientifica, feita pelo Prof. Odoardo Linoli, professor em Anatomia e histologia Patologica e em Quimica e Microscopia Clinica, ajudado pelo Prof. Ruggero Bertelli, da Universidade de Siena. As analises feitas com absoluto rigor cientifico e documentadas por uma série de fotografias ao microscopio, deram estes resultados: A Carne é verdadeira Carne. O Sangue é verdadeiro Sangue. A Carne e o Sangue pertencem à espécie humana. A Carne é um "CORACãO" completo na sua estrutura essencial. Na Carne estão presentes, em seções, o miocardio, o endocardio, o nervo vago e pelo rilevante espessor do miocardio, o ventriculo cardiaco esquerdo. A Carne e o Sangue teem o mesmo grupo sanguineo: AB.

No Sangue foram encontradas as proteinas normalmente fracionadas com os percentuais que contém no quadro siero-proteico do sangue fresco normal. No Sangue foram também encontrados os minerais: Cloruro, Fosforo, Magnesio, Potassio, Sodio e Calcio.

A conservação da Carne e do Sangue Milagrosos, deixados no estado natural por doze séculos e exposto à ação de agentes fisicos, atmosféricos e biologicos, permanece um Fenomeno Extraordinario.

A conclusão se pode dizer que a Ciencia, chamada em causa, deu uma resposta certa e completa quanto à autenticidade do Milagre Eucaristico de Lanciano.


Milagre Eucaristico de Alatri Italia, 1228

A Alatri se conserva ainda hoje a Reliquia do Milagre Eucaristico que aconteceu no ano 1228. A Catedral de S. Paulo apostolo conserva um fragmento de Particula convertida em carne. Uma jovem, para reconquistar o amor do seu namorado foi a uma macumbeira.

Esta a obriga a roubar uma Ostia consagrada para fazer um filtro de amor. Durante uma Missa a moça consegue pegar uma Ostia que esconde em um pano, mas chegando em casa se da conta que a Ostia si era transformada em carne sanguinante.
Deste Prodigio falam numerosos documentos entre o qual a Bula de Gregorio IX. (13 março 1228).

O testemunho mais importante sobre este Milagre se encontra na Bula Fraternitas tuae, escrita por Papa Gregorio IX (13 março 1228) em resposta ao Bispo de Alatri, Giovanni V.

Gregorio Bispo servo dos servos de Deus al Ven. Irmao Bispo de Alatri saude e Apostolica bençao.
Eis o texto da Bula Papal:
Recebemos a tua carta, irmão querido, que nos informa como uma certa jovem sugestionada por um mal conselho de uma maléfica multe, depois de ter recebido do sacerdote o Corpo sagradissimo de Cristo, o conserva em boca até o momento oportuno para poder esconde-lo em um pano onde, depois de tres dias, encontrou o mesmo Corpo, que tinha recebido em forma de pao, transformado em carne, como até hoje em quiser pode constatar com os proprios olhos. Como todas as duas mulheres nos tinham humilmente revelado tudo, desejas um nosso parecer sobre a punição da dar às culpadas. Em primeiro lugar, devemos agradecer com todas as nossas forças, a Ele que, mesmo operando em tudo em modo maravilhoso, todavia em alguma ocasião repete os milagres e causa novos prodigos, a fim de que, fortalecendo a fé nas verdades da Igreja Catolica, dando esperança, aumentando a caridade, chamando os pecadores, convirta os pérfidos e confunda a maldade do eréticos.
Portanto, irmão querido, por meio desta carta apostolica, disponhamos de dar uma puniçãa mais branda à jovem, che pensamos ter agido mais por fraqueza que por ruindade, especialmente porque é da acreditar que seja suficientemente arrependida em confessar o pecado.

A’ instigadora que, com a sua perversão a levou a cometer um sacrilégio, depois de te-la aplicado aquelas sanções disciplinares que acreditamos oportuno e que deixamos a teu critério, impõe que, visitando os Bispos mais proximos, confesse humilmente o seu reato, implorando, com devota submissão, o perdão.

O Sumo Pontefice interpretou o episodio como um sinal contra as difusas eresias sobre a presença real de Jesus na Eucarestia e perdoou as duas mulheres arrependidas. Em ocasião do 750° anniversario se criou uma medalha comemorativa que representa em uma face a frente da Catedral, havendo na parte superior a reliquia onde está a Ostia: na outra face, a figura del busto do Papa Gregorio com a Bula Papal.


Milagre Eucaristico de Augsburg Germania, 1194

Em 1194, uma senhora de Augsburg particularmente devota do Santissimo Sacramento, depois de ter tomado a comunhão colocou a Ostia em um lenço, voltando a casa a meteu em um involucro de cera dentro um armario.

Passado cinco dias a mulher tormentada pelo remorso revela ao superior do convento de Heilig Kreuz, Padre Berthold, o ato sacrilego o qual se fez entregar a Ostia, quando o sacerdote abre o involucro de cera que esta atorno à Particula, ve que esta se era transformada em carne sanguinante. A Ostia se presentava "dividida em duas partes unidas uma com a outra através de fios finos de carne sanguinante.

O sacerdote referiu imediatamente o acontecido ao Bispo da cidade, Udalskalk que ordinou que a Ostia prodigiosa fosse transferida, acompanhada dal clero e do povo, no Duomo e exposta em um Ostensorio de cristal para a publica adoração. A Ostia, exposta aos fiéis no Duomo, extraordinariamente começou a crescer e a inchar-se e este fenomeno durou do dia de Pascoa até a festa de S. João Batista, diante aos olhos de todos. Em seguida, o Bispo Udalskalk fez retornar a Ostia ao Convento de Heilig Kreuz e estabeleceu que, a recordação de um fato assim memoravel e extraordianario, a cada ano fosse festejada uma especial recorrencia em honra da Santa Reliquia. No ano 1200, o conte de Rechber, doou aos Padres agostinianos um recipiente de prata retangular, com uma abertura anterior, no qual vem colocada a Ostia do Milagre.

No passar dos séculos foram feitas diveras analises sobre a Particula que confirmaram sempre que se trata de carne e sangue humano. Hoje o Convento de Helig Kreuz é custodido pelos Padres Dominicanos.


Milagre Eucaristico de Middleburg-Lovanio Bélgica, 1374

Este Milagre Eucaristico aconteceu no ano 1347. Na igreja de S. Pedro, em Muiddeburg. A Ostia consacrada se transformou durante a Comunhão em carne sanguinante. Os Padres Agostinianos de Lovaina conservam até hoje uma parte da Ostia.

O monge Jean de Gheest, confessor do Arcebispo que aprovou o culto, pediu ao mesmo a donação de uma parte da Reliquia. A outra parte se encontra na Igreja de S. Pedro, em Middleburg.

No ano 1374 um domestico chamado Jean que a muitos anos não se confessava, apesar da vida libertina que conduzia, foi convidado pela senhora para quem traballava, a ir a missa durante a Quaresma.

Com os outros domesticos partecipou à missa Eucaristica na Igreja de S. Pedro a Middeburg. Quando chegou o momento de tomar a comunhão, o disgraçado foi com superficialidade no altar. A Ostia que recebeu sobre a lingua se transformou em Carne sanguinante e Jean abismado tirou imediatamente fora da boca a Particula que sanguinava e o Sangue caiu sobre o pano que recobria o balaustre diante ao altar.

O sacerdote com emoção repôs a Ostia milagrosa sobre uma bandeja dentro ao Tabernaculo, o domestico confessou na frente de todos, o seu grande pecado e, convertido, conduziu em seguida, uma vida exemplar manifestando uma grande devoção pelo Santissimo Sacramento.


Milagre Eucaristico de Cimballa Espanha, 1370

No ano 1370, o paroco de Cinballa, durante a celebração da Missa domenical foi assaltado por fortes duvidas sobre a real presença de Jesus no Sacramento da Eucarestia. No momento da consagração Don Tommaso com perplexidade ve a Ostia transformar-se em verdadeira Carne e dela começou a sair abundante sangue, tanto da cair sobre o corporal.
O episodio reforçou a fé vacilante do sacerdote celebrante que arrependido, se retirou em um mosteiro para dedicar-se a uma vida de penitencia e de orações.

A Reliquia foi assim levada em procissão e a noticia se espalhou. Muitos foram os Milagres atribuidos al "Santisimo Misterio Dubio" que daquela epoca foi sempre objeto de grande devoção da parte dos fiéis.
A cada ano, o 12 setembre, se celebra a memoria do Milagre na igreja paroquial onde ainda está conservada a Reliquia do corporal manchada de Sangue.

  Santos e Bem-aventurados:
Santa Teresa de LisieuxSanta Rita de Cássia
Santa LuziaSanta Gemma Galgani
São Antônio GalvãoSanta Elisabeth
Para informaçõões:  monastery@tiscali.it Número de visitas do 10/12/2012:visite  
Milagres Eucarísticos - Todos os direitos reservados