Maravilhas Eucaristicas

Fidelis Dei - Universo cattolico
Maravilhas Eucaristicas
Sites a visitar
Mosteiro invisível
Grupo de Oração e Intercessão.
Virgem Maria
Uma chamada Irresistível.
São José
A grande Patriarca.
São Bento
Contra doenças e maldições
Inferno
A terrível realidade.
Purgatório
Irmãos que estendem a mão.
Paradíso
Viver no Céu.
Amor e Paixão
A Paixão de Jesus Cristo.
Meditações
O respiro da alma.
Os Anjos
Seres que ardem de amor.
Santuário de Oropa
O coração de Maria
O Pecado
Não só transgressão.
Viagem interior
Um caminho na psiche.
Aparições marianas
Maria segue a humanidade.
Decálogo
Os dez comandamentos.
  italiano español português english Precedente  

Grande é o Senhor e digno de ser louvado, a sua grandeza é insondável. (Sal 144,3).

Se acredito no Sol mesmo quando é nublado e acredito no amor também quando não o sinto, então também devo acreditar em Deus quando cala.

Com o Teu dom Senhor transformou o mar das obscuras paixões que nos arrastavam e nos salvou dos nossos pecados que nos havia afundado. A Eucarestia na nossa alma realiza um trabalho constante de transfiguração porque nos prepara progressivamente à vita eterna.


Milagre Eucaristico de Tumaco – Colombia 1906

Na pequena ilha do Oceano Pacifico de Tumaco, no dia 31 de janeiro de 1906 às 10 da manhã, um maremoto fez tremer por dez minutos a terra. Os habitantes da aldeia se recolheram diante à igreja, implorando ao Pároco, Padre Gerado Larrondo e Padre Juliàn, de predispor imediatamente uma procissão com o Santissimo Sacramento. O mar estava crescendo e tinha já invadido uma parte do litoral, ao largo se era já formada um gigantesco fronte de água que teria em breve se transformado em uma imensa onda.
Padre Larrondo seguido pelos habitantes da ilha chegaram à praia com o Ostensorio na mão, desceram na areia e proprio quando a onda gigantesca estava chegando, levantou com mão firme a Ostia consagrada diante a todos e traçou no ar o sinal da cruz. Antes que Padre Larrondo e Padre Juliàn, que estava perto dele, se dessem conta do que estava acontecendo à população, comovida e perplexa gritavam já ao "Milagre&qot;. Improvisamente a onda gigantesca que ameaçava de cancelar para sempre a Aldeia de Tumaco se era milagrosamente parada enquando o mar voltava ao nivel normal.
Todos os presente foram pegos por uma grande alegria porque foram salvos da morte por Jesus Sacramentado e O agradeciam por este grande prodigio.
A ilhazinha de Tumaco, milagrosamente foi poupada por aquela terrivel catastrofe graças à fé dos habitantes no Santissimo Sacramento.
O maremoto na costa do Pacifico causou danos enormes e destruição em diversas zonas. Padre Bernardino Garcia de la Concepciòn que naquele momento se encontrava na cidade de Panamá, deu este testemunho quanto ao terrivel cataclisma que havia acontecido naquela zona: "Improvisamente uma enorme onda cobriu o porto, entrou no mercado levantando tudo, as embarcações que eram em seca foram lançadas a grande distancia causando tantissima desgraça."


Milagre Eucaristico de Canosio - 1630


Em 1630, alguns dias após a festa de Corpus Domini, na aldeia de Canosio, a causa das abundantes chuvas, o torrente Maira se elevou e a furia das águas era tão violento que carregou grossas pedras que ameaçavam a aldeia. A aldeia riscava de ser destruida e o pavor se notava nos habitantes. Don Antonio Reinardi, pároco da cidade, homem de grande fé, propôs aos seus habitantes de fazer um voto, ou seja, se a aldeia fosse poupada da furia das águas eles teriam feito celebrar em perpétuo uma festa no oitavo do Corpus Domini. Depois da aprovação de todos, com os fiéis, Don Reinardi vai em procissão em direção ao torrente, quando foi dada a benção com o ostensorio onde tinha sido colocado o Santissimo Sacramento e a chuva terminou imediatamente e a água desceu tornando ao torrente. Ainda hoje os habitantes de Canosio a cada ano celebram no oitavo do Corpus Domini a festa em honra de Jesus Eucarestia e em honra do Prodigio. Infelizmente, muitos dos documentos que descreviam o Milagre, conservados até ao século XVII nos arquivos paroquiais, foram queimados durante a guerra entre a Espanha e a França, todavia se salvou uma copia da relação deixada pelo pároco que foi testemunho dos eventos.


Milagre Eucaristico de Amsterdã – Holanda 1345


O dia 12 de março de 1345, poucos dias antes da Pascoa, Ysbrand Dommer que era gravemente doente foi à igreja de Oude Kerk para receber a comunhão. Depois de te-la recebido na boca, a vomitou em uma pequena bacia, onde o conteúdo depois foi jogado nas chamas da lareira. A curandeira que tomava conta dele quando tentou de aumentar o fogo da lareira viu uma estranha luz com no centro uma Ostia. Os vizinhos escutando-a gritar correram e puderam verificar o prodigio. Ysbrand pegou a Ostia, a enrolou em um pedaço de linho e colocou tudo numa caixinha que foi levada ao pároco.
O Pároco por tres vezes tentou levar a ostia consagrada à igreja porém milagrosamente a Ostia voltava para a casa de Ysbrand. Nos fatos se via a vontade do Senhor e assim foi decido de transformar a casa de Ysbrand Dommer em capela.
Sucessivamente feito um documento sobre o Prodigio da parte dos testemunhos que foi entregue ao bispo Ultrech, Jan Van Arkel que autorizzo o culto do Milagre.
La cappella nel 1452 fu distrutta da un incendio, ma prodigiosamente l’Ostensorio contenente la Sacra Particola rimase intatto. Nel 1665 il consiglio della città autorizzò il Padre Jan Van der Mey a trasformare in cappella una delle case dell’ex convento delle Beghine. Qui fu trasferito il prezioso Ostensorio, che venne trafugato da ignoti ladri. Ancora oggi vi è l’esposizione permanente del Santissimo Sacramento, a perpetua memoria del Miracolo. Gli unici oggetti che restano a ricordo del Prodigio Eucaristico sono la cassetta che conteneva l’Ostia, i documenti che descrivono il Miracolo e alcuni dipinti che è possibile vedere presso il Museo storico di Amsterdam.
Ainda hoje em Amsterdã, anualmente, se faz uma procissão em honra do Prodigio.


Milagre Eucaristico de Faverney – França 1608


No convento da cidade de Faverney em 1608, na véspera da festa de Pentecoste, os monges decidiram de fazer um altar para a exposição e a adoração do Santissimo Sacramento, mas como a parte onde se coloca a Ostia era muito larga, os monges colocaram duas. Durante a noite un incendio na igreja destruiu o altar e os objetos sagrados. Na manhã seguinte o sacristão abriu a igreja e a encontrou cheia de fumaça com o altar reduzido completamente em cinzas.
Os monges e outras pessoas correram para remover as cinzas com a esperança de encontrar alguma coisa do Ostensorio. Quando o fumo diminui os presentes viram perplexos que o Ostensorio estava suspendido no ar. Com a difusão da noticia muita gente veio ver o Prodigio Eucaristico, onde as Ostias ficaram íntegras apesar do incendio. Os monges não sabendo o que fazer para fazer descer o Ostensorio suspeso no ar, celebraram a Santa Missa em um altar provisorio colocado acima daquele queimado e à elevação da Ostia, o Ostensorio lentamente desceu sobre o novo altar.
No final do processo canonico, o dia 10 de julho, o Arce-bispo de Besançon declamo autentico o Milagre Eucaristico e o dia 13 de setembro o Arcebispo de Rodi, o fez conhecer ao Papa Paolo V que concedeu uma Bula de indulgencia.
Em 1862 a Congregação dos ritos autorizou a celebração do Milagre. Ainda hoje é possivel ver e venerar a Reliquia de uma das duas Ostias que permanceram ilesas. A outra Ostia, infelizmente, depois de ter sido doada à igreja de Dole, veio destruida pelos revolucionários em 1794.


Milagre Eucaristico de Morrovalle - 1560


Em 1560 a Morrovalle na noite entre o 16 e o 17 de abril por volta das duas da manhã, os freis foram acordados pelo barulho violento de un incendio proveniente da Igreja que estava completamente tomada pelas chamas. O incendio foi domado depois de 7 horas de duro trabalho e somente nos dias seguintes iniciaram o retiro dos detritos, quando Padre Batista em remover um pedaço de marmore que pertencia ao altar maior, notou na cavidade do muro o ostensorio com o corporal apenas queimado na qual se conservava ainda intacta e íntegra, a Ostia magna consagrada.
O Padre Batista gritou a Milagre e muita gente correu logo ao local para admirar o Prodigio. Per 3 dias inteiros o Santissmo Sacramento ficou exposto para a adoração dos fiéis. O Padre provincial Evangelista da Morrò fez depositar a Ostia milagrosa em uma caixa de avorio.
Papa Pio IV per verificar a atendibilidade do prodigio o qual veio a conhecimento encarregou o Bispo de Bertinoro Mons. Ludovico de Forli de verificar a atendibilidade dos fatos, visto a relação do acontecido, Papa Pio IV judicou o evento superior a causa natural e autorizou o culto através da Bula Sacrosanta Romana Ecclesia (1560).
Até 1600 a Ostia milagrosa se conservou intacta, mas a causa de vicissitudes historicas, depois desta data da Ostia milagrosa se perdeu qualquer noticia. Hoje permanece somente a vetrina e a tampa do Ostensorio as quais foram salvas das chamas.


Milagre Eucaristico de Rimini - 1227


Na cidade de Rimini ainda hoje é possivel visitar a igreja construida à honra do Milagre Eucaristico realizado por Santo Antonio de Padua em 1227.
Este episodio foi citado também nas Begninitas, obra considerada entre as fontes mais antigas sobre a vida de Santo Antonio e contar o desafio com o qual um tal Bonovillo fez contra o frei a fim de que lhe demonstrasse a verdade sobre a real presença de Jesus Eucaristia: "Frei! Te digo diante de todos: acreditarei na Eucaristia se a minha mula que terei em jejum por tres dias, comerá a ostia que lhe oferecerá voçe inves da aveia que lhe darei". Santo Antonio aceitou o desafio. O encontro foi fixado na Praça Grande e chamando uma multidão de curiosos.
O Santo se apresentou tendo entre as mãos a Ostia consagrada fechada no Ostensorio, o herético tendo pela mão a mula faminta. O Santo virou e disse à mula: "Em virtude e em nome do teu Criador, que eu per quando seja indigno, tenho nas minhas mãos, te digo e te ordeno: avança e faz homenagem ao Senhor com o respeito devido, a fim de que os malvados e os heréticos compreendam que todas as criaturas devem humilhar-se diante ao Criador que os sacerdotes teem nas mãos sobre o altar".
E logo o animal, rejeitando a aveia do padrão, se aproximou docilmente ao religioso: dobrou as patas anteriores diante a Ostia e permaneceu em modo reverente. O herético se jogou aos pés do Santo e declamou publicamente os seus erros.

  Santos e Bem-aventurados:
Santa Teresa de LisieuxSanta Rita de Cássia
Santa LuziaSanta Gemma Galgani
São Antônio GalvãoSanta Elisabeth
Para informaçõões:  monastery@tiscali.it Número de visitas do 10/12/2012:visite  
Milagres Eucarísticos - Todos os direitos reservados