Purgatório

#

Lugar de purificação

Os homens, não tendo podido curar a morte, a miseria, a ignorância, decidiram de não pensarem a elas para poderem ser felizes.

Tradição católica e mística

Pascal, nos seus pensamentos, remarca que certos adultos em plena atividade cedam ao divertimento: o número das coisas urgentes que devam revolver os distrai da pergunta essencial: Que coisa me transformarei depois da morte? Esta constatação fazia dizer a um humorista: Aqui repousa um que não soube porque vivia.

A vida é algo de sério: nela devemos preparar a nossa eternidade. Se falhamos esta vida, não teremos exames de reparação, não poderemos recomeçar, ma deveremos prestar conta ao lugar que teremos reservado ao amor no nosso coração e nos nossos atos.

Se trata então de crer no além onde nos atende, no ponto de encontro entre o tempo e o eterno, o juízo. O Purgatório, fruto da infinita Misericórdia de Deus, é tão necessário para a salvação das almas que se não existisse seríamos destinados à danação eterna.

Por isso se deve pensar que o homem para alcançar a intimidade de Deus deve ser puro. Se esta purificação não aconteceu sobre a terra, se realizará fora do tempo no calor do amor. Aqui a alma deverá deixar-se purificar para acolher o abraço definitivo de Deus.

O Purgatório foi além disso um extraordinário recurso da civilização. A ideia que o mal se possa resgatar com obras boas também para os próprios queridos defuntos é genial: cancela o limite intocável da morte, reequilibra as injustiças terrenas e da uma força positiva a todas as ações.

A seguir poderemos compreender sobre qual fundamento bíblico se funda a doutrina da Igreja Católica, as penas do Purgatório quais sejam e quanto duram. Não faltam as palavras iluminantes do Santo Pai João Paulo II sobre a purificação necessária para encontrar Deus. Existem as visões e o tratado dos Santos reconhecidas pela Igreja e de alguns místicos. Para alguns deles se è preferido inserir um breve raconto da vida para compreender bem a espiritualidade deles.

Santa Catarina de Genova, Maria Simma, Santa Veronica Giuliani, Freisa Faustina Kolvaski, Santa Geltrude de Helfta, Santa Margarida Maria Alacoque e outras nos guiam através de um mundo afascinante que nos espera no além. Mas a primeira pergunta a responder é: podemos visitar as almas no purgatório.

Um convite especial

Se você sente em seu coração o convite de Jesus, ou apenas quer tentar orar a partir de sua casa, clique aqui e você vai encontrar um grupo maravilhoso de oração. Assim, você pode espiritualmente se juntar aos muitos irmãos e irmãs maravilhosos em todos os continentes, e sua vida vai mudar.

Se você deseja receber o livreto de oração preencha o formulário e você receberá a sua entrega, sem incorrer em despesas ou qualquer tipo de responsabilidade e oração. A informação apresentada é protegida por lei e considerados altamente confidenciais.

Pode interessar