Luta

luta

Combate

Resistindo desde o início às nossas más inclinações e tendências, direcionamos assim nossas lutas crescentes e de suas dificuldades.

Quanta paz e quanta alegria acumuladas para nós mesmos e para outros, advindas destas sensações boas em nossas vidas, É mais solícito para a nossa perfeição espiritual reprimir as tentações.
(La Imitazine di Cristo XI,6)

Reprimir as tentações

Deve-se preparar para a batalha, porque o diabo, o mundo e a carne vão se armar para lutar contra você e fazer você cair em perdição. Quanto mais você tentar ser justo, mais o inimigo se enfurecerá contra você.

Examina bem de que arma precisa para se defender contra esses inimigos e de não perder para o diabo, escolha a oração que é a melhor defesa. São Paulo escreve, "na verdade, nós não lutamos contra uma natureza humana mortal, mas contra príncipes, contra as potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra os espíritos malignos". Ele nos adverte que, sozinhos não temos força para resistir a esses poderes, temos que procurar a ajuda de Deus, que é dada apenas para aqueles que se encontram em oração.

Não confie apenas em suas intenções, ou estará perdido. Quando for tentado pelo diabo, coloque toda a sua confiança em Deus porque a mal não esta apenas em nossa humanidade propensa a tirania das paixões que causam muitas feridas, também está em nosso âmago; gema e suspire como São Paulo. Se eu fizer como eles querem, não sou eu, mas é o pecado que habita em mim.

A vontade é cheia de incertezas, bem como de nossas fraquezas cometidas quando não encontramos as forças necessárias para resistir aos impulsos do mal e de sua natureza. Por causa de sua covardia, o diabo abre as portas para o mal. Se a inteligência não pode ver, estas falsas verdades, dos tais erros sensivelmente cometidos e perseguidos ele o pode.

A ação e a vontade são desviadas quando a inteligência considera as coisas do ponto de vista do puro prazer, esta falsa ideia o leva a agir de forma inadequada. Por isso que é visto como primeira necessidade esta questão de extrema importância. A fé aparece para nós como que em picos de luz, bem como do ardor e da caridade, como na prática de vida e virtude alcançada nas alturas da perfeição.

Batalhando nesta abordagem e das suas causas, destas provocadas nas tentações, escapemos dos seus mínimos perigos como de todas as forças e de todas as suas ocasiões. Através desta iniquidade está a trama oculta ao redor de uma casa de seu tempo roubado em de seus princípios fundamentais prejudicado em seus ferimentos fatais. As paixões se encontram no espaço na mente, por causa das coisas que o organismo relaciona desnecessariamente enquanto apego.

Sob o pretexto de coisas lícitas, a tentação engana o intelecto concordando com o prazer dos sentidos. Distraído pelo vento impetuoso da luxúria, a maldade instila seu veneno inadvertidamente e consegue penetrar na essência da alma, obscurecida cada vez mais na razão que começa a considerar as coisas perigosas em inofensivas, afastando-se assim de alguma tentação dolorosa e de difícil superação.

Fugi porque a palha perto da chama do fogo leva-o para perto de seus impulsos que cegam tua razão, apagando assim a memória de Deus, portanto, não receará, nem a Deus nem qualquer honra, nem a todas as dores que surgirem. Então corra se realmente não quer cair neste vórtice de coisas que o arrastará neste abismo. Foge da ociosidade e seja vigilante a cada pensamento.

Quando sentir o primeiro ataque dos efeitos da luxúria, raiva, impaciência, vingança, eleve a alma a Deus desta maneira a alma o imobilizará para longe deles. Invocará a ajuda de Deus: "Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós". Estas palavras são poderosas diante de Deus. Ela irá correr em seu auxílio. A tentação diminuirá e o inimigo será derrotado em suas tentativas.

O corpo não pode ver com seus olhos tudo o que ele pode ver com a mente. Os olhos do corpo não podem ver além do firmamento e se quisermos olhar para além do firmamento, não podemos fazê-lo com os nossos olhos corporais; mas com os da mente. Os sentidos externos não podem perceber a profundidade do mistério criado nem com a audição ou visão, cheiro ou toque, porque Deus tem escondido os seus segredos interiormente dos sentidos mais sutis bem como o de sua criatura, para que possamos perceber totalmente a sabedoria oculta do mundo e de todo seu poder.

Afaste-se do contato das coisas odiosas, não deixe que a sua mente crie pensamentos que estejam fora da vontade de Deus. Negligenciado impedido de viver no esforço das virtudes, tome cuidado com as vigílias onde não se encontra a visão da verdade, não deixe que a sujeira do pecado entre na sua alma, porque isso não é contado. Purifiquemos nossos corações da ferrugem das preocupações do mundo. Coloquemos todos os esforços na herança do ensinamento do pai bem como do desprezo das coisas que passam. Não nos esqueçamos das coisas das quais devemos nos separar, dos laços que unem os nossos corações ao amor de Deus, para que, quando livres do corpo no cume das paixões, achemo-nos no lugar das alegrias que estão em Deus.

Pode interessar