Pílulas de Frei Galvão

Pílulas de Frei Galvão

Pílulas de Frei Galvão
Sites a visitar
Mosteiro invisível
Grupo de Oração e Intercessão.
Virgem Maria
Um convite Irresistível.
São José
A grande Patriarca.
São Bento
Contra doenças e maldições
Santa Rita de Cássia
A Santa dos casos impossíveis.
Amor e Paixão
A Paixão de Cristo
Santa Elisabeth
A princesa santa.
Os Anjos
Seres que ardem de amor.
Santa Gemma Galgani
Mística da redenção.
S. Teresa de Lisieux
Pequena estrada da infância espiritual.
Santa Luzia
Grito de amor a Jesus.
Milagres Eucarísticos
As Ostias se transformam em carne.
Aparições marianas
Maria segue a humanidade.
Paradíso
Viver no Céu.
Decálogo
Os dez comandamentos.
  italiano español português Anterior  

"Pílulas" de Frei Galvão

Muitas pessoas procuravam Frei Galvão para serem curadas. Em uma dessas visitas, inspirado da Deus, o frei escreveu em um pedaço de papel a seguinte frase em latim: "Post partum Virgo Inviolata permansisti: Dei Genitrix intercede pro nobis" que significa: "Depois do parto, o Virgem, ficaste intacta: Mãe de Deus, intercede por nós!". Depois enrolou o papel como uma pilula e a deu a um jovem que estava para morrer devido a cólicas renais, eis que as dores cessaram imediatamente. O procurou um homem para pedir orações e também um remédio para a esposa que estava sofrendo de contrações. Frei Galvão refez a pílula e o neném nasceu em breve tempo. Daquele momento teve que ensinar aos irmãos do "Recolhimento" a confeccionar as pílulas e a distribuire às pessoas que haviam necessidade.
Esta é a origem dos milagrosos pedaçinhos de papel que ainda hoje o Mosteiro fornece às pessoas que teem fé na intercessão do Servo de Deus.

Como receber as pílulas??

Se pode enviar o pedido das pílulas de Frei Galvão aos seguintes endereços: Casa do Frei Galvão
Rua Frei Galvão, n.78 - Centro
Guaratinguetá - SP - Brasile
Cep. 12.500-020

Ou

Mosteiro da Luz
Av. Tiradentes, n.676
São Paulo - SP - Brasile

MOSTEIRO DA LUZ

Uma das grandes realizações de Frei Galvão foi a construção do Mosteiro da Nossa Senhora da Conceição da Luz. Este Convento foi iniciado em 1774. Para obter os fundos necessarios para a construção do mosteiro Frei Galvão ia frequentemente a pé por todo o território paulista. Projetou a frente da igreja da Luz, mas as obras do frei superam a arquitetura da igreja. Influiu no orientamento espiritual das primeiras freiras e no estatuto da Ordem Concepcionista. Nisto se mistura o carisma franciscano e o ideal concepcionista. Na Igreja do Mosteiro da Luz, se encontram os restos de Frei Galvão, morto no dia 23 de dezembro de 1822 com fama de santidade. O túmulo é visitado todos os dias por muitos devotos que deixam alì pedidos e flores de agradecimento pelas graças recebidas. A obra monumental edificada por Frei Galvão continua crescendo com a fundação de diversos outros conventos.

BEATIFICAÇÃO

Em 1998, Frei Galvão foi beatificado pelo Papa João Paulo II, como: "Homem da paz e da caridade" e "Padroeiro da Construção civil do Brasil". Na documentação da beatificação foram inseridas 27800 graças. Uma destas é o caso de uma menina chamada Daniela que aos 4 anos de idade, é o ano 1990 em São Paulo, havia complicações broncopulmonares e crises convulsivas. Internada no CTI lhe diagnosticaram encefalopatia hepática devido a hepatite A, insuficiência renal aguda, intoxicação de metocloropramida e hipertensão. Depois de 13 dias de hospital os familiares pediram orações e as pílulas aos irmãos do mosteiro da luz. Os freis depois de terem orado, deram à menina as pílulas de Frei Galvão. No dia 13 de junho a menina Daniela deixa o CTI e depois de uma semana deixa o hospital porque completamente curada. O pediatra não tem dúvida sobre a cura, declarou ao Tribunal Eclesiástico: "Teve a mão divina, não somente houve a cura da doença mas também a sua represa total".

CANONIZAÇÃO

Frei Galvão foi canonizado pelo Papa Bento XVI no dia 11 de maio de 2007, durante a visita do pontéfice no Brasil. A uficialização e o anúncio, foi emitido no dia 16 de dezembro de 2006. O caso que permitiu de declara-lo Santo, aconteceu à Senhora Sandra Grossi de Almeida e de seu filho Enzo de Almeida Gallafassi, da cidade de São Paulo. A Senhora, que por uma malformação do útero tinha tido jà 3 abortos espontâneos, descobre no mês de maio de ser novamente grávida e sabe de poder morrer por uma hemorragia. Não escuta o conselho do médico que a conselha de interromper a gravidez e procede até que, no mês de dezembro, pelo alto risco se decide o parto cesariano. Nasce um neném com gravíssimos problemas respiratórios, mas no mesmo mês resolve o seu problema. O exito favorável foi atribuido à intercessão do Beato Frei Galvão que no início e durante a gravidez foi invocado pela familia e por Sandra com contínuas novenas e por meio das pílulas que Sandra ingeriu. Os médicos aprovaram unanimamente, durante o processo diocesano, que o fato é: "Cientificamente inexplicável segundo os atuais desenvolvimentos científicos". O Santo Pai autorizou no dia 16 de dezembro de 2006, a promulgação do Decreto. O nome do primeiro santo brasileiro é "Santo Antonio de Sant’Anna Galvão", conhecido como São Frei Galvão.

  A visitar:
 Inferno - A terrível realidade  Meditações - A respiração da alma
 O Pecado - Não é só a transgressão  Viagem interior - um caminho na psiche.
 Purgatório - Irmãos que estenderão suas mãos  Santuário de Oropa - O coração de Maria
Para informações:  monastery@tiscali.it Número de acessos desde 28/10/2007: visite  
Frei Antônio de Sant'Anna Galvão