Céu existe?

italiano español português english
Céu existe?
Sites a visitar
Grupo de oração
Oração e intercessão.
Virgem Maria
Não se deve resistir ao Seu Chamado.
São José
A grande Patriarca.
São Bento
Contra doenças e maldições
Amor e Paixão
A Paixão de Cristo
Meditação
A respiração da alma.
Os Anjos
Seres de Luz que ardem de Amor Divino.
Santuário de Oropa
Aqui se encontra o Coração de Maria
O Pecado
Não só a transgressão moral.
Viagem interior
um caminho que se abre através da psiche.
Milagres Eucarísticos
As Ostias se transformam em carne.
Aparições marianas
Maria segue a humanidade.
Decálogo
Os dez comandamentos.
Anterior  

Vou preparar um lugar

Acreditando Paraíso, como mencionado anteriormente, é um ato de fé. No Evangelho, Jesus fala muitas vezes do reino dos céus, onde o justo recebido, e em que eles vão ver Deus no Sermão da Montanha, diz: "Alegrai-vos e exultai, porque grande é a vossa recompensa nos céus" (Mt 5:12). Ele vai dizer no julgamento final: "Vinde, benditos de meu Pai, recebei em herança o reino preparado para vós desde a fundação do mundo" (Mt 25, 34).
E ainda: "Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus" (Mateus 7-21).
Ele é o caminho que conduz ao Pai: "Eu vou preparar um lugar para você se eu for e preparar um lugar para você Eu vou, eu voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. E o lugar onde eu estou indo você sabe o caminho." (Jo 14-2:4).

Apocalipse fala da Nova Jerusalém, a cidade santa onde Deus habita no meio de todas as suas criaturas, para iluminá-los ao ponto de ver sempre o Rosto Santo "Haverá maldição não mais. Na cidade você vai ser o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o adorarão, ver seu rosto, e seu nome estará em suas testas. Não haverá noite e não precisam mais da luz de uma lâmpada ou a luz do sol, porque o Senhor Deus lhes dá luz. E eles reinarão para sempre e sempre". (Rev. 22,3:5).

No momento crucial do martírio de Santo Stefano abriu o céu e os olhos fixos na morte poderia Santíssima Trindade.
São Paulo meditou e contemplou o céu quando ele escreveu: "O que os olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração do homem que Deus tem preparado para aqueles que o amam" (1 Coríntios 2:9).

Santo Agostinho foi atormentado pelo desejo de penetrar o mistério do céu, pediu para a fé: "Ah, a fé fé, suave, vem em meu socorro! Diga-me quais são essas terras imensas, onde os filhos de Deus a pé! Quais são as delícias dessas margens abençoados! Há flores lá? Perfume cheira eleito? O néctar e ambrosia, o alimento da impiedade fez seus falsos deuses, não seria fabuloso para os inquilinos? Estamos lá brisas agradáveis que enchem as pessoas amadas feliz? Aqui estão colinas, vales verdejantes, campos agradáveis ea vista para o mar e para a aparência do céu: tudo nos enche de prazer. Que estão além dos objetos que o olho se alimenta? Eles são pelo menos em parte semelhante a estes, ou são novas para nós, afinal? Oh! Santa fé limpa minhas dúvidas. "E a fé que lhe diz, repousando sobre as Sagradas Escrituras: "O Paraíso é o gozo eterno de Deus, a nossa felicidade, e nele do que qualquer outro bem sem mal".

São Jerônimo, após a sua morte, apareceu em sonho a Santo Agostinho, que não sabia como apresentar o homem paraíso. Aparecendo disse, "Agostinho, você pode entender como podemos fechar em um punho toda a terra?". E o santo: "Não". "Então, me diga de novo, você pode pelo menos entender como podemos reunir em um frasco de toda a água dos mares e rios?". "Não", respondeu o santo novamente. "Então, você nunca pode descrever como reunir-se no coração do homem a mesma alegria infinita de Deus.".

Jesus disse a Santa Teresa de Ávila, depois aver-lo mostrado em uma visão: "Você vê, minha filha, o que o perdão aqueles que me ofender?". Considere-se, então, o que se perdermos, bem que ofender nosso Deus, ficamos a conhecer o céu. Eu não quero fazer é ofender a Deus. E Santa, amor de Deus, respondeu-lhe: "Senhor, até quando este exílio! Como o desejo de vê-lo torna muito mais doloroso! Senhor, que pode fazer uma alma bloqueada nesta prisão? Quanto tempo a vida do homem, embora seja dito que ele é curto. Resumindo, meu Deus, é para ficar com ele para ganhar a vida que não tem fim, mas tempo é a alma que deseja ver um ao outro logo...".

Santo Agostinho nos diz: "O esplendor da luz eterna é tão grande, que, mesmo se ainda há não mais de um dia, você despreza este preço por muitos anos cheios de prazer e abundância de bens materiais." S. Inácio de Loyola passava as noites olhando para o Paraiso, "Oh, como me parece terra vil olhando para o céu.".

A alma que sairá vitorioso das lutas terrenas e ter explodido suas virtudes serão realizadas no Paraíso, e lá vão desfrutar de uma alegria extraordinária em união contemplativa com Deus essa união vai encontrar a felicidade eterna. Nesse lugar, as almas serão submersos, afogados e assim unidos não querer nada, mas a vontade de Deus, e isto é para ser o que é Deus, que é a felicidade para a graça de Deus.

Quem pode descrever este lugar? Aqui só existe o que é bom, o Senhor Supremo, em toda a sua beleza e triunfo no amor puro céu que é a felicidade suprema. Sim, a maior felicidade é encontrar escrito o nosso nome.

O que você pode comparar este lugar com uma linguagem humana? Talvez uma cascata de diamantes, uma cachoeira de ouro e prata, em um universo feito apenas de estrelas brilhantes? Todas essas imagens e não pode fazer a menor idéia.
No entanto, pode ser suficiente para provocar em nós o desejo de vir a este lugar de glória e felicidade, o caminho a seguir é indicado por Jesus nos Evangelhos.

  Santos e Bem-aventurados:
Santa Teresa de LisieuxSanta Rita de Cássia
Santa LuziaSanta Gemma Galgani
São Antônio GalvãoSanta Elisabeth
Para informações:  monastery@tiscali.it Número de visitas do 24/04/2013:visite  
Paraíso - Todos os direitos reservados