Juízo

Juízo

Juízo
Sites a visitar
Grupo de oração
Oração e intercessão.
Virgem Maria
Um convite Irresistível.
São José
A grande Patriarca.
São Bento
Contra doenças e maldições
Inferno
A terrível realidade.
Paradíso
Viver no Céu.
Amor e Paixão
A Paixão de Cristo
Decálogo
Os dez comandamentos.
  italiano español português english Anterior 

Juízo Divino

Diante ao tribunal de Deus também aqueles que estiveram longe da Igreja, deverão dar conta seja das iluminações, seja dos meios que Deus lhes concedeu para conhecer a Verdade e convertir-se.

Oh cristão, como farás Deus com ti? Qual exame rigoroso Deus deverá fazer-te? Vens, te dirá, e me digas todas as tuas culpas e todos os males que fizeste. Serão evidenciados a gravidade dos teus pecados cometidos no tempo e em cada lugar, as circunstâncias e o numero deles, até os mais escondidos, e cada olhar e cada palavra.
Deverás dar conta das culpas, também aquelas provocadas com escandalos e maus conselhos. Deverás dar conta do bem não feito e que deixou para lá sem pensar. Uma só destas faltas será suficiente para a danação eterna, portanto, porque não experimentas logo já que não conhece o tempo que te resta para o juázo. Na hipótese que hoje, nessa mesma noite, chegue a morte e Deus te chame a dar conta do teu comportamento, que será de ti?

Se os justos se salvam com fatiga que será de ti que vive como pecador, como corrupto e como ámpio? Tu que és repleto de Deus com dons sublimes, que teve graças em abundancia e sobre abundancia de Talentos, porque não encontrou o tempo ou talvez a coragem para servir o teu Senhor? Lembra que, a quem muito Deus deu, muito lhe será cobrado.
Então, se naquele dia, se naquele tremento momento não quererás sustentar o rigoroso juázo de Deus, e não experimentar a Sua ira contra os teus pecados, judicas agora tu mesmo. Tira da tua alma aquilo que é contra a Sua lei e enfeite-a com as mais belas virtudes. Deus te adverte em tempo, porque não deseja outra coisa que o teu bem.

Qual desculpa tu exibirás naquele dia, a ignorância? A Deus que te doou tantas Graças e iluminações que se correspondidas te teriam conduzido à salvação, tu levarás como desculpa a fragilidade humana? Muitos e mais fracos de ti foram tentados, em condições piores da tua, apesar de terem feito o bem para si e para os outros. Talvez lhe dirás que tantos viveram como ti? Deus te responderá que muitas vezes Ele te avisou por meio dos seus Ministros a desprezar o respeito humano, a far-te violência para não seguir as modas do momento.

Oh quanto será naquele momento a tua confusão? Então quererás ter tempo a disposição para chorar as tuas culpas e cancelá-las, agora que o tempo terminou definitivamente. Deus, adolorado, será obrigado a mandar-te embora para sempre da sua esplendida presença. Pensa, agora seriamente...


Sites a visitar
Os AnjosSeres que ardem de amor.
Viagem interiorUm caminho que se abre através da psiche.
PurgatórioAlí quantos irmãos nos tendem a mão.
O PecadoNão só a transgressão moral..
Santuário de OropaAqui se encontra o Coração de Maria.
Aparições marianasMaria segue a humanidade.
Milagres EucarísticosAs Ostias se transformam em carne.
  Santos e Bem-aventurados:
Santa Teresa de LisieuxSanta Rita de Cássia
Santa LuziaSanta Gemma Galgani
São Antônio GalvãoSanta Elisabeth
Informações:  monastery@tiscali.it gruppo di preghieraNúmero de visitas do 18/02/2010:visite  
Meditações o respiro da alma - Todos os direitos reservados