Do Juizo e das penas dos pecadores

Do Juizo e das penas dos pecadores

italiano español english português 
 
Inferno
Sites por visitar
Grupo de oração
Oração e intercessão.
Virgem Maria
Não se deve resistir ao Seu Chamado.
Amor e Paixão
As etapas dolorosas da Paixão de Jesus Cristo
Os Anjos
Seres de Luz que ardem de Amor Divino.
Viagem interior
um caminho que se abre através da psiche.
Milagres Eucarísticos
As Ostias se transformam em carne.
Aparições marianas
Maria segue a humanidade.
Decálogo
Os dez comandamentos.
 
Anterior  

Tratto da: "Imitaçaõ de Cristo"

Em todas as coisas olha o fim e como compareçeras diante do Juiz severo a quem nada é oculto, que naõ se deixa aplacar com dadivas, nem aceita desculpas: mas julgará com justiça (cfr. Is 11,4).
Estulto e miserável pecador! Que responderas à Deus que conhece todos os teus crimes se tremes em presença de um homen irado? Porque não te preparas para o dia do Juizo, quando ninguém poderá ser escusado ou defendido por outrem, pois cada um terá bastante o que fazer por si?

Agora o teu trabalho é frutuoso e o teu pranto aceitável, os teus gemidos são eficazes, satisfatoria e purificadora a tua dor. Grande e salutar purgatorio tem o homen paciente, que injuriado, mas se dói da malicia alheia que da propria afronta: que, de boa vontade, ora por todos aqueles que o contrariam e perdoa,de cor ação, as ofensas: não se demora em pedir aos outros perdão: que mais facilmente se inclina à compaixão que à colera: que a si mesmo, frequentemente, se violenta, esforçando-se por submeter de todo,a carne ao espirito. Melhor é expiar agora os pecados e corrigir os vicios, que deixa-los para serem punidos no futuro.

Na verdade, deixamo-nos enganar pelo amor desordenado que temos à carne. Que outra coisa devorará aquele fogo senão os teus pecados! Quanto mais te poupas e segues os apetites da carne, tanto mais severamente será castigado e tanto mais ajunta lenha para te queimar. Naquilo em que o homen mais pecou, mais severamete será castigado.

Alí os preguiçosos serão estimulados por aguilhões ardentes e os gulosos atormentados com a sede e cruel fome. Alí os luxuriosos e amantes dos prazeres serão mergulhados em em pez ardente e fétido enxofre e os invejosos uivarão de dor, como cães danados. Nenhum vicio há que não tenh a seu tormento particular. Os soberbos serão cheios de toda sorte de confusão e os avaros reduzidos à extrèma miseria.

Uma hora de suplicio alí será mais dura que cem anos de asperrima penitencia. Alé nenhum repouso,nenhuma consolação há para os condenados, enquanto aqui, às vezes, cessam os trabalhos e somos confortados pelos amigos. Vive agora com cuidado e contrição dos teus pecados, de modo que, no dia do juizo, estejas seguro com os bem-aventurados.

Então os justos erguer-se-ão com grande confiança contra aqueles que os angustiaram e desprezaram. Então se levantará para julgar quem agora se sujeita, humildemente, aos juizos dos homens. Então terá mais confiança o pobre e o humilde, mas o soberbo estremecerá de pavor

Ver-se-á então quanto foi sábio, neste mundo, quem aprendeu a ser desprezado e tido como louco, por amor de Cristo. Então dará prazer toda tribulação sofrida com paciência e a ini quidade fechará a boca. Então se alegrará o homen devoto e se entristerá o impio. Então mais exultará a carne mortificada que fora nutrida em deleites. Então resplandecerá o hàbito grosseiro e enegrecerá o vestido precioso. Mis exaltado será, então,o humilde tugúrio que o palacio dourado.

Entaõ mais aproveitará a paciência constante que todo poder do mundo. Mais engrandecida serã, então, a singela obediencia que toda sagacidade do século. Mais satisfação dará uma consciencia pura e reta que a douta filosofia. Então valerá mais o desprezo dal riquezas que todos os tesouros da terra. Mais te consolarás a lembrança da oração fervorosa que a dos deliciosos manjares. Mais te alegrarás pelo silencio guardado que pelas longas palestras. Então valerão mais as boas obras que as muitas e lindas frases. Mais de alegrarás a vida a austera e rigorosa penitência que todos os gozos terrenos. A prende agora a sofrer um pouco, para que te possas livrar de coisas mais graves. Experimenta, primeiro, neste mundo, o de que serás capaz no outro. Se agora não podes sofrer tão pouco como poderás sofrer os tormentos eternos? Se agora o menor incomodo te impacienta tanto, que farás depois no inferno?

Certo é que não colherás duas venturas: deleitar-te aqui no mundo e reinar depois com Cristo. Se até hoje tivesses sempre vivido em honra e prazeres, de que aproveitarias tudo isso, se houvesses de morrer neste mesmo momento? Vaidade é tudo, exceto amar a Deus e só a Ele servir. Quem ama de todo o coração a Deus não teme nem a morte nem os castigos, nem o juizo e nem o inferno, porque o perfeito amor dá seguro acesso junto a Deus.
Não é de admirar que se arreceie da morte e do juizo quem se deleita com o pecado. Aquele que despreza o temor de Deus não perseverará no bem, mas depressa cairá nos laços do demônio.

Siti da visitare
São JoséA grandeza deste Santo é inimaginável
São BentoPara combater contra as doenças e os malefícios
MeditaçãoO suspiro da alma.
Santuário de OropaAqui se encontra o Coração de Maria
O PecadoNão só a transgressão moral.

 
 
  Santos e bem-aventurados:
Santa Teresa de LisieuxSanta Rita de Cássia
Santa LuziaSanta Gemma Galgani
São Antônio GalvãoSanta Elisabeth
Para informações:  monastery@tiscali.it Número accesos al 10/04/2009:visite  
Infierno - Todos los dereitos reservados