Anjos

#

Quem são

O Catequismo da Igreja Católica afirma que a existência dos anjos è uma verdade de fé e da sua existência da testemunho a Sagrada Escritura, de fato muitas são as manifestações descritas no Texto Sagrado.

O que diz S. Agostinho deles

Apesar de não podermos ver a presença dos anjos, tratando-se de coisa que não está ao nosso alcance visivo mas que existe no grande reino de Deus imperador, todavia sabemos por fé que os anjos existem, encontramos escritos que apareceram a muitos e o credemos que está além de qualquer legítima duvida. Agora os anjos são espíritos, mas em quanto espírito não são anjos: é quando são enviados que se transformam em anjos. A palavra anjo designa o encargo e não a sua natureza. Se se pergunta o nome desta natureza, se responde que é espírito; se se pergunta o encargo se responde que é um anjo: por aquilo que é, é espírito, enquanto por aquilo que faz é anjo.

O mundo angélico foi criado antes do mundo terreno, mas em comunhão com este, os anjos são seres espirituais e incorpóreos e a inteligencia deles concentram a irradiação do princípio criador, e são forças que agem tanto do externo quanto do interno do mundo e sobre fundamentos do próprio ser.

Mesmo que o homem se encontre mais a baixo na ordem cósmica no centro de um mundo decaído, todavia pode alcançar o mais alto conhecimento de Deus, além do mesmo conhecimento angélico, porém os anjos sao acessíveis ao homem, em virtude das condições de criaturas, assim Deus os colma da sua sabedoria e da sua glória, o olhar deles sobre a humanidade è amor, ternura infinita, inocencia de criança.

De vários lugares se escuta afirmar que para aproximar-se a Deus, se pode deixar de meditar, todavia um percorso iluminado é mais fácil que uma estrada cercada das trevas. Muitos não sabem apreciar este alimento celeste, por isso na procura se desesperam e muitos se perdem entre os bens da terra.

S. Tomás – da Summa Teologica

O anjo pode encontrar-se em um lugar, mas não circunscrito como os corpos; se encontram em quanto age e assim, em vez de estar contido no lugar, o contém.

O anjo não conhece tudo pela sua natureza, isto è, por meio de si mesmo, porque deveria ter em si mesmo tudo aquilo que pode conhecer, coisa que é somente de Deus: o anjo conhece por imagens mandadas da Deus, pelos reflexos de Deus.

Os anjos superiores quanto mais perfeitos e quanto mais se parecem a Deus, conhecem as coisas por imagens sempre mais universais.

Pode interessar